quinta-feira, 16 de agosto de 2012

A Ermida de S. Pedro - Borba


Esta ermida foi uma autêntica cereja no topo do bolo...
 
Foi uma odisseia há muito programada com a companhia de um bom amigo, o Jorge Gil de Almeida, que uma vez mais me proporcionou uma verdadeira orgia de ruínas.
Partimos numa ruinosa peregrinação ao Forte da Graça em Elvas, uma das mais desejadas e esperadas reportagens que resultou em perto de duzentas imagens que em breve falarei...
Seguimos para a igreja de Santo Amaro, nas imediações, onde recolhemos outras recordações, passámos ainda pelo fantástico Castelo de Barbacena e pela Colónia Penal de Vila Fernando, onde onde nos divertimos como dois pointers em dia de caça, colhendo mais umas centenas de imagens...
E no fim fomos brindados pelo destino quando acidentalmente nos cruzámos com esta desgraçada ermida, bem escondida e à vista de quem passa...
Uma desgraça de ruína bem no cimo de uma colina, perdida na sua história e guardando na memória do seu tempo de glória da era manuelina...
Tem um nicho desmoronado que já esteve adornado com a figura de S. Pedro, que se perde em pequenas pedras erodidas pelo tempo.
Já na nave central que padece do mesmo mal e ameaça derrocar, houve um animal que ninguém levou a mal e decidiu esgravatar.
O chão revolvido,  onde jazem ainda pedras encarnadas e ossadas desenterradas, revela-nos um segredo escondido que há muito foi esquecido.
No tecto do presbitério deste velho cemitério, há uma abóbada nervurada  parcialmente derrocada.
O nártex e sua traça ainda cheia de graça com colunas de arco perfeito, está também condenado por ser ameaçado pela falta de respeito.
É difícil perceber como chegou a este estado. Há muito para fazer neste País abandonado, pois quem assim trata o património devia ir para o manicómio!

4 comentários:

  1. Viva!
    Fotografias fantásticas, acompanhadas (se possível com uma guitarra) numa prosa ritmada a roçar a poesia...
    E este património,
    Que é de todos nós,
    E que se quer sarado,
    Continua tão descurado,
    Num tão lindo País, à beira mar plantado!
    Obrigada!
    MSK

    ResponderExcluir
  2. Que coisas estupendas, que monumentos lindos e que boas fotografias. Quase que nos parece impossível que estes monumentos sejam desprezados por todos, que os estejam a deixar cair. Junto-me ao seu voto de protesto, embora tenha sempre esta angústia de saber que talvez pouco valha. Mas ainda bem que o Gastão não desiste.

    Abraços

    Luís Montalvão

    ResponderExcluir
  3. Boas fotos num cenário pobre que poderia ser tão rico...

    Vasco
    http://vascoricardo.blog.com

    ResponderExcluir
  4. Por conhecer os arredores de que fala, fiquei bastante entusiasmado com este post. Aguardo com expectativa as "reportagens" do Forte de Nossa Senhora da Graça, do Castelo de Barbacena e da Colónia Penal de Vila Fernando.

    Em relação a esta singela capela, podia dar mais informações relativamente à sua localização.

    Com os melhores cumprimentos e desejos de continuação deste excelente trabalho

    Hugo Jorge Casimiro

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...