quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

Ermida Nossa Senhora da Conceição - Trafaria

Por nos estarmos a aproximar do dia de Natal,  editei algumas imagens da ermida de Nossa Senhora da Conceição que aguardavam um momento de inspiração, aproveitando para fazer desta forma uma homenagem a todos os leitores deste blog.



O projecto Ruin'Arte, deseja-vos a todos um Natal cheio de LUZ e um ano vindouro com muita prosperidade...

...desejo igualmente que as eminências pardas que regem este País, se inspirem também e apostem mais na reabilitação...


Esta ermida terá sido construída no Séc. XVIII, como atesta o seu estilo de arquitectura. Encontra-se bem escondida de quem passa, fica discretamente situada nas traseiras da avenida principal da Trafaria, num terreno perto dos muros do forte e de uma garagem de recolha. É mais uma pérola de arquitectura que foi há muito tempo abandonada. Foi aproveitada através dos tempos para os propósitos menos recomendados para uma estrutura de deste cariz. Funcionou nos finais do Séc. XIX como fábrica de cortiça, foi também uma fábrica de redes de pesca e por fim uma olaria...


Os simpáticos vizinhos que dela disfrutam, aproveitaram uma parede para construir uma casa bem portuguesa, com certeza, e uma horta nas traseiras... o seu interior foi completamente devastado por um incêndio no longínquo ano de 1835, tendo sido salvas as suas imagens que se encontram hoje na Igreja de S. Pedro, na Trafaria.

A data do incêndio e a sua posterior utilização, leva-me a supor que tenha algo a ver com a extinção das ordens religiosas, embora possa ter sido uma coincidência... infelizmente a pesquisa histórica é muito trabalhosa e demorada, o que muitas vezes me impede de alargar assuntos que com certeza terão muito mais para contar...



5 comentários:

  1. A maison ao lado...barracaria à portuguesa!
    Feliz Natal!

    ResponderExcluir
  2. parabens pelo trabalho fotografico e pelo blog em geral

    ResponderExcluir
  3. Só recentemente tomei conhecimento deste blogue e, justamente neste post deparei-me com um edifício de que em tempos (há mais de 10 anos, em época pré-blogues), já me tinha intrigado. Despistado pela identificação do edifício como "Velha Torre - Trafaria" na altura pensei na torre que existiria em frente à de Belém e que faria parte da defesa da barra to Tejo. Só agora desfiz o erro. Se quiser ver a minha entrada, clique
    http://galeria-lambertini.blogspot.com/2011/02/ermida-de-n-s-da-conceicao-trafaria-por.html

    ResponderExcluir
  4. Trata-se da Ermida de N.S. da Conceição edificada em 1751 pelo Padre José Duarte da Silva, Beneficiado da Patriarcal de Lisboa, e que aqui tinha uma quinta e casas.
    Segundo o Conde dos Arcos em «Caparica através do Séculos» (1972) terá sido neste local a antiga quinta da Ladeira, sede de um Morgado fundado por Gaspar da Rua Magriço, em que sucedeu Domingos Ribeiro Cyrne (era então a Trafaria um sítio do lugar de Murfacém).
    Foi aliás nas terras de Gaspar da Rua que em 1565 o «Cardeal D. Henrique, em nome de D. Sebastião, ordena a criação de um local (…) para a quarentena das tripulações dos navios provenientes dos locais afectados pela peste» e que mais tarde veio dar origem ao Lazareto do Porto de Belém depois chamada Presídio da Trafaria.
    Antes da fundação desta capela era na Ermida do Lazareto (dedicada a N.S. da Saúde) edificada em 1678 por iniciativa de D. Diogo de Faro (Provedor-mór da Saúde da Câmara Municipal de Lisboa) que o povo da Trafaria encontrava o «conforto espiritual».
    Nas obras de reedificação do Lazareto do século XVIII (1743) pelo arquitecto Carlos Mardel o acesso à Ermida do Lazareto foi murado, e assim ficaram os moradores da Trafaria sem local de culto, neste sentido os Mestres das Embarcações do Pescado do Porto da Trafaria juntaram-se em 1747 e obtiveram licença para edificar uma nova ermida fora das muralhas do Lazareto e na qual já tinham o compromisso de um dos Padres do Convento dos Capuchos em lhes dar graciosamente assistência espiritual.
    Certamente pelas dificuldades do povo da Trafaria em levantarem a tal ermida ou em encontrem o sítio adequado para o mesmo tomou o Padre José Duarte a iniciativa de edificar uma capela pública dedicada a Nossa Senhora da Conceição e congregou os moradores da Trafaria numa Irmandade da mesma invocação para se poder sustentar um capelão que ali dissesse missa aos domingos e dias santos tendo funcionado como o principal templo do lugar até ao princípio do século XIX pois nele se encontrava o «Santíssimo Sacramento» e aí eram publicados em 1798 os Editais do Tribunal da Inquisição.

    Entretanto os mestres das embarcações da Trafaria obtiveram em 1787 nova licença para edificar uma capela ou igreja na Trafaria mas isso já é outra história ….

    Fontes:
    (1565) AML-AH, Provimento de Saúde, Livro I de Provimento de Saúde, doc. 114 (antigo 117)
    (1678) AML-AH, Chancelaria Régia, Livro V de Consultas e Decretos de D. Pedro II, f. 301 a 302
    (1743) AML-AH, Chancelaria Régia, Livro XV de Consultas e Decretos de D. João V, do Senado Ocidental, f. 91 a 94
    (1747) DGARQ/TT, Câmara Eclesiástica de Lisboa, M.1809, n.312
    (1751) DGARQ/TT, Câmara Eclesiástica de Lisboa, M.1810, n.260
    (1798) DGARQ/TT, TSO, Inquisição de Lisboa, M.63, n.3, #25

    Bibliografia:
    MENDES, Rui, “Património religioso de Almada e Seixal: Ensaio sobre a sua história no séc. XVIII”, Anais de Almada, Nº 11-12, 2010, pp. 67-138

    ResponderExcluir
  5. Caro amigo,
    Só agora vi este seu post, o que muito me interessou, até porque eu frequentei este lugar ( Ermida ) nos anos 60 em que o mesmo funcinou como Vacaria, e onde eu miudo de 7 anos ia ao leite. O dono da Vacaria era o Sr. Joaquim, tambem chamado de Joaquim de Buxos, pois era ele que se encarregava de guardar ou vigiar a quinta de Buxos, e toda a mata e terrenos do Danido. Na parte lateral onde agora tem uma casa à Portuguesa existiu um depósito da Antiga Empreza de Camionagem Piedense, onde eram guardadas as Camionetas mais antigas para uso de peças de substituição.
    Bom trabalho de pesquisa, e interessante documento histórico.
    Abraço amizade
    Carlos Caria

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...