segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

Quinta das Ameias ou Casal Vistoso



A Quinta das Ameias ou Casal Vistoso Está situada no cimo de um monte entre a Av. Afonso Costa, a Av. Gago Coutinho e de frente para a Praça. do Areeiro, completamente  asfixiada  entre enormes prédios que ameaçam invadir a sua intimidade pela desproporção dos seus tamanhos.


Tinha ainda borbulhas na cara, quando via ao longe esta ruína, que já na altura me despertava curiosidade...”um dia hei-de lá ir....” pensava eu em tom de aventura enquanto admirava a sua decrépita fachada, que lhe emprestava  ainda alguns vestígios de charme e nobreza. 
 
Intrigava-me o seu passado e fazia dó vê-la abandonada...como qualquer outra ruína teria tido os seus tempos de glória associados a uma família e sua decadência, só  estava longe de adivinhar que tinha um passado muito mais ilustre e quem tinham sido os seu últimos locatários... quando falei dela com o Dr. Quintanilha Mantas, soube que além de ter sido ricamente decorada com painéis de azulejos de Delft, o príncipe D. Luís Filipe costumava retirar-se neste local. Tentei saber algo mais pela internet e por diversos organismos camarários, mas sem saber o seu nome a tarefa tornou-se bastante difícil...

Através de um post do SOS Lisboa, com ajuda do biclaranja.blogs, finalmente identifiquei a quinta e consegui saber algo mais que aqui vos adianto...
 
Foi edificada no Sec. XVII pela família Abreu e Castro, mais tarde na segunda metade do Sec. XIX, D. Fernando de Saxe Coburgo Gotha usou-a como casa de campo em Lisboa onde viveu com a condessa d’Edla...pasme-se...era afinal uma casa da família real...pairam ainda muitas dúvidas no ar...a quem pertence hoje em dia e porque chegou a este estado? Se alguém souber responder a estas questões ou puder acrescentar algo ao que já sei seria uma boa ajuda para reforçar as suas memórias... dela restam algumas paredes e vestígios da muralha que certamente a baptizou...




6 comentários:

  1. É de facto muito interessante a forma como podemos ir completando a informação acerca daquilo que pretendemos evidenciar, como se de um puzzle se tratasse...
    Eu não tenho informação acerca deste local mas, como este é um espaço aberto, talvez um destes dias alguém mais conhecedor do assunto possa ajudar o Gastão a completar o seu (nosso) puzzle, quem sabe?
    Mais uma vez os maiores parabéns pelo Ruin'Arte, votos de um excelente Natal e um ano novo promissor...

    ResponderExcluir
  2. Aos pouco a história compõe-se. Pena a a ruína não se recompor. E ainda que tal fosse possível... No meio daquele lixo de subúrbio ao redor, já vê.
    Talvez o Predial dê o proprietário. Aposto que é a Câmara.
    Cumpts.

    ResponderExcluir
  3. O terreno foi posto à venda em 2006, não sei se ainda será possivel visualizar o cartaz a anunciar a venda no local, mas esteve lá pelo menos até 2008.
    Para todos os efeitos, as ruínas é como se não existissem e futuros proprietários não terão interesse em recuperá-las. Ao longo das ultimas decadas foram vários os projectos para o local, em 2006 ainda se visualizava uma placa a anunciar "terraplanagens" de 1984.

    Cumprimentos

    ResponderExcluir
  4. Sabem esta vida é um mistério! tenho a certeza que nesta quinta e sua estrutura houve vida , vida essa que transformou outras vidas, onde viveram muitas mais ,nas quais eu estou ligado num passado de história muito distante de pessoas que já existiram , que tiveram recordações como eu hoje tenho de um edifício que foi vida .

    Rui de Abreu e Castro

    ResponderExcluir
  5. Estão a decorrer as votações das propostas de projectos do Orçamento Participativo de 2010-11, entre as quais está a requalificação desta quinta. Peço-vos que votem nesse projecto. Basta que se registem no site da câmara municipal, e quiçá se sair vencedor, possamos ter um Casal Vistoso para as futuras gerações.

    Antecipadamente agradecido,
    Manuel Rico

    ResponderExcluir
  6. Obrigado, adorei a informação, gostaria de saber mais até porque estão a deitá-lo abaixo. mais uma vez muito obrigada

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...