sábado, 7 de novembro de 2009

Igreja Matriz de Nossa Senhora da Assunção - Oriola



(Séculos XIII - XIX) - Comenda da Ordem da Santíssima Trindade, o templo primitivo sofreu uma profunda reformulação arquitectónica no reinado de
D. Manuel, que lhe veio a conferir o aspecto actual, com cobertura em abóbada de nervuras. Na 2ª metade do século XVIII, a igreja foi adornada com altares barrocos, junto ao arco triunfal, e, posteriormente, com retábulo-mor, de estilo rococó. O coro-alto é já obra oitocentista.

fonte : IPPAR

Esta ermida foi separada da povoação pela Barragem do Alvito, hoje está acessível sem ter de contornar toda a barragem por esta estar completamente seca. Os anos de isolamento a que esteve sujeita e a falta de atenção das entidades competentes levaram-na a um estado de degradação que ainda é possível recuperar sem grandes esforços económicos...falta a vontade e a iniciativa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...