quarta-feira, 4 de novembro de 2009

Quinta do Duque- Alpriate



Cada vez que o meu cão fugiu e reapareceu a uns valentes Kilómetros de distância, para o resgatar tive de percorrer caminhos que nunca me teriam ocorrido. Numa dessas excursões forçadas passei por uma propriedade abandonada de onde se via por de trás de umas enormes copas de árvores, um telhado ainda maior e em avançado estado de ruína...deixava adivinhar um palácio de grandes proporções e a inerente majestade de um edifício desta envergadura... indaguei a um transeunte que me soube dizer que é a Quinta do Duque, o que deixou ainda mais curioso... ainda mais curioso, é que o meu cão foi entregue a uma "família de acolhimento" que afinal e para grande surpresa era de um velho amigalhaço afastado pelo tempo...o Edgar continuou a fugir e eu a coleccionar pérolas...



A Quinta do Duque, tem a sua designação nos Duques de Lafões, antigos proprietários. O edifício principal, embora muito degradado devido à acção erosiva dos anos, de pilhagens e ocupações ilegais do edifico principal, é considerado por alguns como o introdutor do neoclassicismo em Portugal. Pena é o estado de degradação.
Longe das glórias do passado em que foi vitima de um incêndio no primórdios do Séc XX, viria a ser remodelado pelo seu proprietário um tal de "Crespo" e viria mais tarde a ser herdada pelo Capitão de Artilharia, Félix da Silva Figueiredo que a deixou de Herança ao Coronel de Infantaria Artur Leal Lobo da Costa, que ocupou o cargo de Governador Civil de Lisboa em 1935.



Mais tarde o edifício principal terá acabado como armazém de produtos agrícolas. Ainda hoje se encontra milhares de frascos de compotas, algumas em excelente estado de conservação. O Futuro desta Quinta continua incerto e, muito provavelmente, irá dar lugar a mais um complexo habitacional moderno, o que, apagará um dos marcos Históricos mais importantes da Freguesia de Vialonga



7 comentários:

  1. Respostas
    1. Alpriate , freguesia Vialonga , concelho : Vila franca de xira

      Excluir
  2. As fotos estão fantásticas, bem como a descrição. Melhor mesmo so com a colocação da zona onde fica, para que possamos visitar esta maravilha.

    ResponderExcluir
  3. Passei a minha infância dentro dessa quinta, conheço a de olhos fechados.. Velhos tempos.. Foi bom recordar essa quinta sem dúvida..

    ResponderExcluir
  4. Passei a minha infância dentro dessa quinta, conheço a de olhos fechados.. Velhos tempos.. Foi bom recordar essa quinta sem dúvida..

    ResponderExcluir
  5. Conheço bem esta quinta, e muitos artigos fiz sobre ela

    ResponderExcluir
  6. tive lá ontem...já caiu todo o piso superior =/ é linda esta casa pena o estado que se encontra, pelo menos as pessoas aproveitam o terreno para os animais e para cultivar. Irei la voltar antes que desapareça é um exelente sitio para fotografar =)

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...